sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Choque

Todas haviam feito o serviço, só esperavam pela última, a mais velha, aquela que ninguém acreditava. Foi então que a galinha mais nova, gaiata, cacarejou:
- E aí minha tia? Quer que eu choque pra ti?
A senhora galinha ergueu o pescoço, olhou para cima e cacarejou muito alto:
- Choqueeeeee!
Em três segundos o galinheiro estava tomado pelo batalhão de choque da brigada militar, entraram atirando. Gemas, sangue e penas se esparramaram pelo lugar. No canto, tremendo, balbuciando algo que não se entendia, estava a galinha moça. Veterinários atestaram estado de choque.

3 comentários:

hulia says disse...

não para nunca de escrever!
adoro adoro

MiLa disse...

Muuuuuito show!!!

Marcelo (Metalian) Matos disse...

Já li coisas melhores senhor arvelino