terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Menos um

Hoje acordei triste.
Tudo bem que isso é relativamente normal em uma segunda-feira, mas não comigo. E não uma tristeza tão profunda como essa. Acordei sem forças pra vida. Sem gana de luta.
As músicas que ouço, só ajudam a manter esse sentimento. Acho que acordei pra vida, descobri finalmente que nada tem jeito, que não venceremos no fim, que nunca as coisas estarão bem. É triste isso. Não só pra mim, mas para a humanidade, sem exagero. Suponho que eu era um dos últimos sonhadores, daqueles capazes de voar de tanta esperança depositada no próximo e no amanhã. Sei que ainda restam alguns, mas tenho certeza que em breve despertarão, assim como eu.
Hoje acordei triste, sinto que permanecerei assim para sempre.

Nenhum comentário: