terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Doença não é amor

Escutando histórias de pessoas que fazem tudo por amor, inclusive o suicídio, alguém pode chegar a conclusão que nunca amou, ou nunca amou o bastante. Mas não caro leitor, quem é capaz de tudo em nome do amor, é que nunca amou.
Só é capaz de amar quem tem amor próprio, do contrário não é amor, é doença. É doença se humilhar, ferir a própria alma. Só os fracos ficam doentes, só os que nunca amaram. O amor verdadeiro fortalece.
Nunca ame alguém, mais do que a si. Mas, se o fizer, não chame de amor. Chame um médico.

Um comentário:

Nat disse...

ou chame um amigo para belos tapas de luvas feitas de letras.

Doença não é amor.