sexta-feira, 4 de março de 2011

Puta

Essa é uma bela palavra pra descrever aquela puta. Puta. Acredita que ela me deixou? Acordei hoje de manhã e ela não estava mais ali. Nem ela, nem as roupas dela, nem o cheiro dela.

Aquela puta.

Se bem que de puta não tinha nada, era uma babaca isso sim, uma songa-monga que não gostava de trepar. Agora foi embora. Pra onde? Vai viver de quê? Nem pra puta serve.

Aquela puta.

Nenhum comentário: