quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

O preparo (ou das coisas que acontecem parte 1)

Cebola média cortadinha, como que por um profissional; vinho escolhido a dedo na adega, daquela safra chilena de noventa e seis; filé mignon comprado algumas horas antes, tão macio que o novilho nunca deve ter caminhado; pimenta do reino, cravos, alecrim, sálvia, tomilho e folhas frescas de louro, todos devidamente separados. O mise en place estava pronto. 

Decidiu preparar o filé ao molho de vinho depois do banho, ainda faltavam no mínimo quarenta minutos para ela chegar. A escolha do prato, a ida ao supermercado, o vestido curto que iria usar, o incenso aceso na sala, o banho que estava tomando, o modo como deslizava o sabonete, a água quente, demorada, em pontos estratégicos, tudo naquele dia foi pensando em sua musa.

O perfume das panelas exalava pelo corredor do terceiro andar, Caetano cantarolava na vitrola e meia taça já havia sido consumida quando a campainha gritou. Paulo atendeu, eram Débora e Vicente, o mais novo casal de amigos dos anfitriões. Isadora saiu rapidamente da cozinha para cumprimentar os convidados, um beijo rápido nele, um longo abraço nela.

Nenhum comentário: