sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Esquecidos

Cortaram a porra da água. Não paguei e cortaram a porra da água. E eu vou viver como sem água? São dez meses de atraso, já tava no gato, desviando água da rua. Agora os caras levaram até os canos. O que eu vou fazer? Sou fodido e mal pago, mesmo. Eu trabalho, irmão, faço a segurança do mercadinho ali da avenida, mas isso não basta. Tenho mãe pra ajudar, mulher e filho pra sustentar, sogra doente morando junto. Tá ruim aqui, irmão, amanhã vou trabalhar doze horas e vou torcer pro vizinho emprestar uns baldes de água no final do dia, puxar uma mangueira, sei lá. No outro dia empresto de outro vizinho. Mas isso vai durar até quando? Semanas? Meses? Como eu vou viver sem a porra da água, irmão?

Deus já esqueceu da gente aqui embaixo, largou de mão faz tempo e foi dar uma banda em outro universo.

Nenhum comentário: